Educando com Amor...

14 de fev de 2018


TEMA: adaptação

O fato da criança se distanciar dos pais, da família e iniciar ou dar continuidade uma nova jornada em sua vida;  da Educação Infantil.
Cada criança e família nos vêem de uma maneira diferente, com mais ou menos preocupação. É nesse período que a criança vê a relação que há entre o CMEI e a família.  Portanto devemos ter um cuidado especial ao iniciar esse processo. É um momento de grande influência. Por este e outros motivos, é que se torna  importante nos prepararmos para recebê-la.

Objetivos Gerais

·      Fazer com que a criança perceba que há uma boa relação entre a família e a professora.
  • Aceitação da separação.
  • Fazer com que a criança se sinta acolhida.
  • Estabelecer uma boa comunicação entre pais e professores.
  • Proporcionar segurança e afeto as crianças e os pais.
  • Fazer com que os pais se sintam tranqüilos e confiantes com a professora e o CEI.

Objetivos Específicos

·      Preparar o ambiente aconchegante.
·      Orientação do espaço de entrada e na sala de aula.
·         Identificação das pessoas e da organização do ambiente.

Metodologia
·      Nos primeiros dias,  organizar a situação para que os pais possam acompanhar seus filhos até a sala. Depois estabelecer  gradualmente, para que se despeçam na entrada da sala.
·      Observar bem para perceber os estilos e as diferentes maneiras de agir de cada família para adaptar-se ao seu caráter.
·      Ajudar para que a criança se despeça de quem a acompanhou.
·      Acolher as crianças e as famílias sem pressa. Manifestando alegria e convidando as outras crianças para receberem o coleguinha. 
·      Sentir e mostrar afeto real por todas as crianças.
·      Dar orientações prévias às famílias, explicando como se organiza este momento e como podem colaborar. Sem imposições.
·      Dar incentivos para que as crianças, gradualmente interiorizem as diferentes rotinas e ações que deverá realizar.

Ações
  • Ler historias diversas na sala e fora da sala.
  • Colocar músicas para ouvir e dançar.
  • Promover roda de conversa, para discutir: Como foi o dia de ontem. O que mais gostou no dia de ontem no CEI e em casa. Perguntar o que eles mais  gostam de fazer no CEI. Comentar e deixar comentar os acontecimentos recentes. Conversar sobre as regrinhas da sala.
  • Seleção de livros.
  • Cantar músicas sem aparelho de som.
  • Brincadeiras com bola.
  • Brincadeiras com brinquedos diversos.
  • Brincadeiras de passar anel.
  • Saídas da sala para o pátio e parque.
  • Rabiscos livres para conhecer a coordenação motora de cada um.
  • Confecção de máscaras para levar pra casa.
  • Confeccionar um cartaz com os dias da semana para ajudar as crianças se situarem no tempo.



Avaliação
·      A  criança chega contente no Cmei?
·      Despede-se ou não da pessoa que lhe acompanha?
·      Aceita o consolo e o acolhimento da professora?
·      As crianças explicam as coisas que lhe ocorreram ou as que viu?
·      Os familiares colaboram na integração das crianças?
·      O ambiente de acolhimento está bom?
·      Tenho algum conflito?
·      Tenho tempo para receber os pedidos, as informações e as preocupações das mães e das crianças?
·      Tenho tempo para conversar individualmente com as crianças?  
   
           
Referências

·         BASSEDAS, Eulália. Aprender e Ensinar na Educação Infantil. Porto Alegre: Artmed, 1999.
Este Projeto deve ser complementado de acordo com a realidade de cada CMEI
Bom começo de ano e de trabalho! Boa adaptação!


28 de mai de 2017

Projeto Alimentação saudável

PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
JUSTIFICATIVA
Pensando num projeto de retorno ás atividades e sendo esta na última semana de Páscoa, onde as famílias falam muito nos doces e chocolates, gostaria de apresentar uma proposta voltada para enfatizar a importância da alimentação saudável. Considerando também, que  havia resistência de algumas crianças, com certos alimentos, desde o início do ano.
Sendo a alimentação saudável  essencial em todas as fases de nossa vida, mas que para as crianças, ela é que garante o crescimento adequado dos ossos, da pele, dos músculos e dos órgãos.
No sentido pedagógico uma alimentação balanceada garante energia necessária para desenvolver atividades importantes nessa fase da vida; tais como, brincar, pular, aprender a ler e escrever. É também nessa época da vida que formamos nossos hábitos alimentares, ou seja, que “aprendemos” a gostar ou não de certos alimentos.
            Partindo desse parâmetro, o CMEI tem extrema importância na formação dos hábitos alimentares de suas crianças, e a partir desse tema, o professor pode apresentar de forma dinâmica, vários tipos de  alimentos e informações para as crianças. 

OBJETIVOS:

GERAL: Promover o consumo de alguns alimentos saudáveis e a consciência de sua contribuição para a promoção da saúde de uma forma atraente, lúdica e educativa.

ESPECÍFICOS:

- Valorizar o momento reservado à alimentação;

- Reconhecer o produto industrializado como um alimento menos nutritivo e menos necessário ao seu desenvolvimento;
- Valorizar atitudes relacionadas à saúde e ao bem estar individual e coletivo;
- Identificar a cultura alimentar dos familiares da criança;
- Identificar as preferências alimentar dos alunos;
- Valorizar o momento reservado à alimentação;
- Identificar cores, textura e os diferentes sabores de alguns alimentos;
- Identificar as cores;
- Desenvolver a criatividade;
- Desenvolver o raciocínio lógico e conhecimento matemático, aliando-o à sua vida diária;
- Estimular o desenvolvimento da linguagem oral e visual;
- Estimular o alfabeto a partir do nome de cada criança;
- Estimular o consumo de frutas e verduras;
- Apresentar músicas novas que envolvem o tema;
- Oferecer algumas frutas ou verduras diferentes.

PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS (AÇÕES)

- Conversa e registro (desenhos) sobre a alimentação preferida das crianças;
- Registro dos alimentos mais consumidos na família;
- Identificação de semelhanças e diferenças entre hábitos alimentares dos alunos;
- Construção de jogo da memória a partir de imagens de frutas e verduras recortadas pelos alunos;
- Identificação de frutas e verduras através do olfato e tato, utilizando a caixa surpresa;
- Gráfico  de frutas preferidas;
- Conversas sobre o desperdício de alimentos;
- Análise e releitura  das obras do pintor Archiboldo Giuseppe, que utilizou frutas, verduras e legumes na construção das suas obras;
- Utilizar o Poema Ana Bela Comilona para construção da nossa sopa, utilizando depois o macarrão em forma de letrinhas.
- Solicitar que cada aluno traga de casa uma fruta, e conversar sobre as preferências através da degustação, fazendo uma salada de frutas;
- Trabalhar com recorte de frutas, verduras e legumes e pedir que os alunos construam um prato que represente uma alimentação saudável;
-Baseado na história "O sanduíche da dona Maricota", formaremos o nosso sanduíche.

DESENVOLVIMENTO
1. A professora dará início as atividades do Projeto, falando sobre a importância dos cuidados com a saúde. Para isso a professora trará desenhos de frutas, que serão posteriores transformados em palitoches. Conversará com as crianças visando destacar o porquê que a professora trouxe aquelas figuras. Em seguida, a professora estimulará os alunos a pintarem sua fruta preferida e depois apresentarem as características da sua fruta escolhida (cor, tamanho, gosto azedo ou doce, se tem caroço, e o porquê que ele escolheu aquela fruta).
2. Mostrar algumas frutas e verduras e mostrar como lavá-las . (Levar  os alimentos  para  a  sala  de  aula,  tentando,  de  algum  modo,  transformá - los  em  elemento pedagógico,   faz   com   que   as   crianças   participem   das   ações   de   educação   alimentar desenvolvidas  e  não  fiquem  como  meros  espectadores  (MAGALHÃES;  GAZOLA,  2002), aprendendo ainda acerca da importância da higienização desses alimentos).
3. Salada de frutas
- Solicitar que cada aluno traga de casa uma fruta, e conversar sobre as preferências através da degustação. Explorar todas características e depois fazer a salada de frutas para degustação.
4. Rótulos
- Trabalhar com os alunos rótulos de embalagens de alimentos saudáveis e não saudáveis. Instigar as letras iniciais dos alimentos. Utilizar as embalagens trazidas pelos alunos e montar um mural relacionando com as letras iniciais dos nomes das crianças.
5. Artista Plástico
Tarcila do Amaral - A professora trará a imagem da obra “vendedor de frutas” de Tarsila do Amaral, as crianças farão a interpretação da obra destacando pontos como, o que ele está fazendo, onde será que ele está indo, que frutas ele está levando, ele está de barco. Etc. Após a professora trará a ressignificação da obra em papel cartolina grande, e no lugar das frutas do vendedor os alunos colarão frutas encontradas em revistas e livros.
Romero Brito - A professora trará dentro da caixa mágica, a fruta maça. As crianças deverão manipular a fruta sem vê-la. Fazendo palpites de que fruta eles pensam que é. Em seguida, será informado todas as características da fruta. Após a professora estimulará as crianças a releitura obra “maça” de Romero Britto. Elas irão manipular a fruta, desenhar e pintá-la. No final da atividade cada aluno irá saborear um pedaço de maça, se quiserem.
Giuseppe Arcimboldo – Será apresentado a obra na tela da TV e falado sobre o artista. Depois as crianças farão montagem sobre suas próprias imagens, decorando com frutas e verduras retiradas das revistas.
6. Música
- Cantar e dançar músicas como: salada mista e a música do trem. Cantar e dançar a música nova;
Patati Patata – Comer comer...
7. CAIXA MÁGICA
1. A professora trará duas frutas: abacaxi e morango. Dentro da caixa mágica. As crianças  também irão apalpar as frutas e tentar adivinhar que fruta é. Manipularão as frutas e explorarão as cores, formas e tamanhos. Após esse momento, eles pintarão com o dedo o desenho do abacaxi. As crianças ao final ganharão o suco de abacaxi. Os morangos serão saboreados.
2. A professora trará as frutas: mamão e laranja, dentro da caixa mágica. E serão exploradas cores, formas e tamanhos. As crianças pintarão o desenho do  mamão e depois colarão a semente do mamão no desenho. A laranja será oferecida para degustação .
3. Dia da uva. Depois de descoberto na caixa mágica, as crianças colarão crepom amassado em formato de bolinhas nos desenhos da uva.
4. Uma fruta diferente na caixa mágica. Ela é peluda! que será! kiwi. que sabor tem! vamos descobrir juntos na degustação!

8. CONTAÇÃO DE HISTÓRIA  - O Sanduíche da dona Maricota.

A Professora contará a história e após este momento as crianças irão fazer uma roda de conversa para falarmos sobre os alimentos do sanduiche. Depois será construído um sanduíche em sala e saboreado com suco de laranja natural. Será aproveitado para oferecer o palmito que é um alimento pouco oferecido para as crianças.









PINTAR O MAMÃO

COLAR SEMENTES

PINTAR AS UVAS - PINTURA ESPACIAL

COLAGEM CREPOM

VISUALIZANDO AS OBRAS DO ARTISTA ARCIMBOLDO

VISUALIZANDO AS
 OBRAS NA TV
MONTANDO NOSSA RELEITURA DA OBRA DO ARCIMBOLDO

RELEITURA FEITO NO PRATO DE PAPELÃO

APRENDEMOS USAR A TESOURA
HISTÓRIA JOÃO PÉ DE JEIJÃO

MONTANDO PIRÄMIDE ALIMENTAR

SOPINHA DE LETRINHAS. MACARRÃO COM POEMA

SANDUÍCHE DA MARICOTA

MONTANDO SANDUÍCHE DA MARICOTA - APRENDEMOS USAR A FACA ESTE ANO

26 de set de 2016

Projeto A Baleia


OBJETIVO GERAL:
Proporcionar às crianças momentos de descoberta e interação, ampliando o conhecimento e despertando a curiosidade sobre o tema.
OBJETIVO ESPECIFICO
- Descobrir características especificas das baleias.
- Valorizar a água mostrando a sua importância como fonte de vida.
- Valorizar o ambiente natural e sua importância na vida animal.

CONTEÚDOS
- Tamanhos: grande;pequeno;
- Cores e formas;
- Perto-Longe;
- Rápido-Devagar;
- Poluição;
- Animais marinhos
- Tempo: Ensolarado-dia-noite;
-  A importância de trabalhar em grupo;
- Contação de histórias;
- Leve-pesado;
- Quantidade;
- Numerais;


Pintando a baleia feita de caixa de maçã

Colando os suportes de brigadeiro

Contando as conchinhas, colocamos água na garrafinha e condicionamos  nossa baleia.

Chamada nova


Porta da sala
Aprendendo a usar a tesoura
Assistindo video da baleia Jubart

Desenho da baleia após conhecer `Balo`a baleia do Artista
Gustavo Rosa